AMANDA QUICK - NÃO OLHES PARA TRÁS

 
AMANDA QUICK - NÃO OLHES PARA TRÁS

Nesta enredada história de mistério de Amanda Quick, os amantes e associados detectives particulares Lavínia Lake e Tobias March, têm as suas excitantes relações, com a deliciosa miscelânea de profissão arriscada, paixão intensa e, agora, assassínio.
Como se a queda para o negócio e a tendência de se meter em sarilhos não bastassem para diferenciar a ferozmente independente Lavínia Lake, ela também versada na prática de mesmerismo, um dom fora do comum e que vai muito além de mero charme e da mera atração física. Sabe-o melhor do que ninguém o nosso conhecido Tobias March que, embora um homem de cabeça fria, parece ter caído irremediavelmente sob o encanto de Lavínia.
Felizmente para todos, Lavínia utiliza os seus poderes para o lado do bem e, além disso, depois de uma tragédia que envolveu uma das suas clientes, Lavínia abandonou-os para se dedicar exclusivamente a "Lake y March", uma empresa que presta serviços de "discretas investigações de carácter particular", a clientes de qualidade.
Celeste Hudson, a linda jovem mulher de um velho amigo da família Lake e confrade mesmerista, contar-se-ia decerto entre esses clientes, fora ela viva. A mitológica Medusa transformava os homens em pedra, mas a adorável Celeste estava mais habituada a transformá-los em gelatina; na verdade, facto que Howard, o marido ignorava. A ambiciosa Celeste planeava utilizar os talentos que possuía para forjar um futuro na alta sociedade londrina, um futuro que não o incluía a ele. Por má fortuna, o seu assassínio pôs fim aos seus planos. Como única pista ficou apenas um plastrão de cavalheiro em redor do seu lindo pescoço, fraca compensação para a valiosa e estranha pulseira que lhe fora, decerto, arrancada do pulso, enquanto exalava o último suspiro.
Como resultado, Lake e March vêem-se encarregados por Howard Hudson de descobrir o assassino. Tobias, porém, está convencido de que o enérgico viúvo está mais interessado em encontrar a valiosa relíquia e, se assim for, Howard não é o único. Um certo número de gente implacável pretende apoderar-se da mesma antiguidade, cujo centro é um invulgar camafeu azul de valor incalculável e, supostamente, com poderes lendários, poderes de incomensurável valor para quem pratica a arte de Howard.
Juntos, Lake e March lançam-se numa aliciante investigação que os leva, dos mais brilhantes salões de baile da alta sociedade londrina, às mais decadentes tabernas de Londres, a um mesmerista cujas terapias incluem o tratamento de senhoras que sofrem de histeria, com um método muito pouco convencional e, por fim, mas não de somenos, às regiões mais negras das mentes humanas.
Entretanto Não Olhes para Trás vai-se tornando uma leitura completamente mesmerizadora, à medida que os irreprimíveis Lavínia e Tobias vão misturando trabalho com prazer....
 
 
 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Power Divulgação