DIANA PALMER - CASAMENTO ACIDENTAL

 
DIANA PALMER - CASAMENTO ACIDENTAL

 
O experiente Connal rendeu-se ao ingênuo fascínio da doce Penélope
Penélope passou toda a adolescência venerando Connal Tremayne… à distância. Até uma noite em que, tentando proteger o misterioso solitário de sua bebedeira anual antes que aterrissasse em uma cadeia mexicana, Penélope foi forçada a entrar em uma capela, de onde saiu como a Sra. Connal Cade Tremayne. Sóbrio, ele mostrou-se furioso, pois a última coisa de que precisava era uma virgem envergonhada. O casamento estava acabado; ele tomaria providências para obter a anulação imediatamente.
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Power Divulgação